Sobre a obrigação de ser incrível

Nos primeiros anos de vida, vivemos com a certeza absoluta que somos seres especiais. Mãe, pai, tios, irmãos, todos contam como você é incrível. Afinal, a premissa do amor é mesmo a admiração.

Daí você entra na escola e se surpreende como existem tantas outras pessoas especiais. Alguns se destacam mais e isso é, no mínimo, estranho. Ora, não sou o único incrível nessa história. Esse é um dos primeiros contatos com a frustração e a inveja (um bichinho maldito).

Então, você cresce, vira gente grande e enfrenta o mercado de trabalho. Se na escola você tinha dúvidas se era, ou não, uma pessoa importante, no trabalho você tem certeza… de que não é.

Na labuta somos altamente substituíveis e, definitivamente, ninguém nos preparou para dormir com um barulho desses. Do chefe ao assistente, no dia seguinte alguém fará exatamente o que você faz.

Daí, um passarinho verde traz um monte de dúvida: será que essa pessoa vai fazer melhor?

Será que você deveria se dedicar mais?

Será que você deve abrir o próprio negócio?

Será que você tem algum talento?

Meu Deus, não sou nada disso que a minha mãe falou!

Sim, ando brigando com o meu passarinho verde e o mandei calar a boca faz tempo. Se não for pra ajudar, que não me atrapalhe.

Às vezes algumas dúvidas são um convite ao fracasso e não a reflexão. Ter segurança no seu taco não é privilégio dos arrogantes e não ter também é crime. No entanto, fazer da insegurança uma oportunidade de crescimento pode ser muito mais que uma frase bonita de autoajuda.

E, quando falo em crescer, definitivamente, não me refiro a cargos. Não entendo a associação imediata entre sucesso e gerência. As pessoas vão além do que dizem seus cartões de visita ou o que diz a falta de um. Você já se perguntou o que é, realmente, um sucesso profissional?

Você já percebeu que, por mais absurdo que seja, todo mundo tem o seu lado incrível? E isso não é uma obrigação, é consequência.

Que o dinheiro não seja o único combustível para o trabalho e que a felicidade não seja um privilégio do futuro. Amém!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s