Vermelho

Mergulhada em seu escuro particular, Cecília sentiu um calor nos lábios. Como tropas bárbaras, seu corpo inteiro se entregou à invasão. Ela mal sabia que deveria fechar os olhos, mas assim fez por instinto.

Suas mãos trêmulas suavam tanto a ponto dela não querer compartilhar o toque. Primeiro, repousou as mãos sobre os ombros do rapaz que, por sua vez, reclinou seu corpo todo em um cumprimento de almas.

Do calor ao calafrio, Cecília se rendeu àquela dança de línguas. Ela já não sabia onde estavam suas mãos, seu suor, ela só era ouvidos ao pulsar forte daqueles corações.

A respiração pausada pelo medo de interromper seu momento mágico não se conteve e escapuliu sem que Cecília percebesse. Como um presente pela libertação, suas narinas experimentaram um perfume gostoso. Não era um aroma concebido pelos alquimistas da perfumaria, era o cheiro da pele dele.

Ela não provou o gosto de pasta de dente, nem de chiclete, era o gosto dele.

Sua boca parecia se divertir com a textura daquela barba prestes a nascer. Suas mãos percorreram pelo pescoço, nuca, cabelos. Seus dedos também dançaram fio a fio.

Cecília se sentiu abrigada por aquele abraço, o toque do menino percorreu sua pele feito pincel. Para finalizar a pintura, ele se afasta aos poucos. Embriagada por todos os seus sentidos, ela permanecesse de olhos fechados.

Durante aquele beijo, o primeiro de Cecília, seu imenso mar de escuridão se preencheu de cor.

Ele a observa por alguns instantes enquanto a menina cai em si aos poucos. Sem graça, ela não arrisca dizer nada.

Ele rouba um beijo em seu rosto e cruza seus dedos nos dela.

Em uma das mãos, a mão do menino, na outra, sua bengala.

Por trás de suas pupilas esbranquiçadas, reflexos de cores que nunca viu, Cecília coloria sua poesia de vermelho.

Acho graça
Que isso sempre foi assim
Mas você me chama pro mundo
E me faz sair do fundo de onde eu tô de novo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s